A prótese ideal para cada caso: unitária ou múltipla, fixa ou removível

A prótese ideal para cada caso: unitária ou múltipla, fixa ou removível

As próteses dentárias são uma solução para quem sofreu uma perda dentária e pretende recuperar o conforto de sorrir, mastigar e falar sem preocupações. Mas você sabe qual a prótese ideal para cada caso? Continue lendo o texto para saber mais!

Antes de tudo, o primeiro passo é procurar um dentista para avaliar as suas condições e fazer a melhor recomendação. O quadro do paciente será determinante na escolha da prótese.

Fixa x removível

As próteses fixas são indicadas de acordo com a quantidade de dentes perdidos, seja de forma unitária (apenas um dente) ou múltipla (mais de um dente). Elas são divididas em dois tipos. Nas pontes dentárias, os dentes vizinhos aos que foram perdidos servem como suporte para preencher o espaço vazio. As próteses são cimentadas nos dentes naturais e criam uma espécie de “ponte” nesta lacuna.

Por outro lado, a coroa é utilizada para cobrir totalmente um dente danificado. Nestes casos, a maioria da estrutura dentária está perdida, decorrentes de fraturas, lesões ou cáries.

As próteses fixas permitem um resultado natural e, por serem fixadas, também trazem conforto ao paciente, pois suprem a ausência deixada pelo dente. Sem o tratamento adequado, o paciente pode desenvolver problemas no sistema mastigatório, gengivite e cáries, bem como dificuldades na fala.

Já a prótese removível é recomendada em dois casos: para quem perdeu todos os dentes (prótese total) ou se houve uma perda parcial dos dentes (prótese parcial). Ela costuma ser indicada para pacientes com baixo nível ósseo ou quem não pode colocar o modelo fixo ou implantes.

As próteses móveis (parciais) necessitam de outros dentes para a sua fixação pois eles funcionam como um apoio para a colocação da estrutura metálica (grampos). Já as totais, mais conhecidas como dentaduras, são confeccionadas de forma individualizada para cada paciente. Um detalhe importante é que as próteses removíveis demandam cuidados específicos e diários de higienização. Logo, a atenção deve ser redobrada.

Seja qual for o tipo de prótese, cuidar da saúde bucal é fundamental e a manutenção não deve ser esquecida! O paciente deve retornar ao consultório para consultas de rotina.